21.5 C
Brasília
21.5 C
Brasília
domingo, julho 14, 2024
spot_img

Ministro Fávaro recebe o Título de Cidadão Sorrisense – Capital Nacional do Agro

Brasília: A Câmara de Sorriso “ Capital Nacional do Agronegocio”, outorgou o Título de Cidadão Sorrisense ao ministro de Agricultura, Carlos Fávaro. O Projeto de Decreto Legislativo Nº 38/2023 de concessão do título foi de autoria do vereador Wanderley Paulo (Progressista).

O homenageado é agropecuarista, Senador da República licenciado e atual Ministro da Agricultura e Pecuária. Ingressou na vida política após anos de trabalho no agronegócio, onde tornou-se vice-presidente da Associação dos Produtores de Soja do Brasil – Aprosoja Brasil e presidente da Associação dos Produtores de Soja e Milho do Estado de Mato Grosso Aprosoja-MT. Também presidiu a Cooperativa Agroindustrial dos Produtores de Lucas do Rio Verde.

O ministro também ocupou o cargo de vice-governador do estado de Mato Grosso, secretário de Estado de Meio Ambiente de Mato Grosso e coordenou o Escritório de Representação de Mato Grosso (Ermat), em Brasília. Antes de ser nomeado ministro, Carlos Favaro foi nomeado coordenador do Grupo Técnico de Trabalho da Agricultura, Pecuária e Abastecimento do Gabinete de Transição Governamental do presidente eleito Lula e em janeiro deste ano foi nomeado Ministro da Agricultura e Pecuária do terceiro governo Lula.

Ministro Fávaro e o Vereador Wanderley Paulo - Reprodução
Ministro Fávaro e o Vereador Wanderley Paulo – Reprodução

O vereador lembrou da importância de Carlos Fávaro para o município e região. “Enquanto presidente da Aprosoja Mato Grosso, Carlos Fávaro trabalhou e defendeu os interesses do agronegócio, destinou a primeira UTRA (Unidade Técnica Regional da Agricultura), do Estado de Mato Grosso para o município de Sorriso, que atende mais de 50 municípios. Destinou emendas parlamentares que contribuiu para o desenvolvimento de nossa cidade, acima de tudo Carlos Fávaro é um amigo de toda a sociedade sorrisense, conhece nosso município e, portanto, é merecedor desse título”, frisou Wanderley Paulo.

Da Redação.

Relacionados

Deixe uma resposta

- Publicidade -spot_img

Recentes