21.5 C
Brasília
21.5 C
Brasília
domingo, julho 14, 2024
spot_img

Com safra de soja atrasada em MT, milho pode perder espaço na segunda safra

A irregularidade das chuvas que tem prejudicado o cultivo da soja em Mato Grosso, também pode impactar a semeadura do milho segunda safra nas principais regiões produtoras do grão. Em Sorriso, município que mais produz o cereal no estado, a expectativa é de redução na área destinada à cultura nesta temporada.

Em Nova Mutum, médio-norte do estado, o produtor Cristiano Costa Beber enfrenta dificuldades para concluir o plantio da soja nos 3,8 mil hectares destinados nesta safra 2023/24. Segundo ele, faltam 800 hectares para semear. Contudo, os trabalhos foram paralisados diante da falta de chuvas há mais de 17 dias.

Cristiano comenta ainda que 200 hectares deverão ser replantados diante da situação. O que causa ainda mais preocupação quando se olha para a semeadura do milho.

“Eu vou diminuir uns 20%. A área que vai ser replantada estava programada para plantar milho. Já vamos sair dela. Não tem mais como plantar”.

Janela apertada para o milho
Em Sorriso também há produtor replanejando a segunda safra de milho. A janela apertada vem desestimulando dia a dia o ânimo dos agricultores em relação à cultura e a expectativa de é de uma área menor do grão no município.

Delegado da Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja-MT), Diogo Damiani, comenta que a “situação começa a ser delicada”, pois as chuvas recebidas não ocorreram de forma generalizada e sim em forma de pancadas.

Além disso, conforme Diogo, há relatos de produtores que estão há mais de 25 dias sem chuvas e outros em que o produtor semeou a soja e o grão não emergiu por falta de umidade no solo.

“Temperaturas altas de 66 graus, 67 graus, 70 graus. Então, isso acaba dificultando muito o desenvolvimento da planta e você acaba perdendo-a, estande e ainda impacta futuramente na produtividade”.

De acordo com o presidente do Sindicato Rural de Sorriso, Sadi José Beledelli, a diminuição de área no milho é certa.

“Você atrasando o plantio da soja agora, consequentemente você atrasa a colheita e na sequência atrasa também o plantio do milho segunda safra. Para você ter uma produtividade boa de milho é bom plantar até 15 de fevereiro. É a melhor janela de plantio”.

A recomendação de buscar ao máximo plantar o milho dentro da janela ideal é levada à sério pelo produtor Silvano Felipetto. Quando iniciou o plantio dos 1.275 hectares de soja no final de setembro, ele planejava destinar 100% da área para o milho. Só que após dois períodos prolongados de estiagem ele revela ter ficado inseguro e já fala em reduzir em 15% o espaço.

“Segundo as minhas contas, nas variedades que estamos plantando, eu vou colher a última soja em 20 de fevereiro. Então, a janela já começa a ficar longe. Se der quatro, cinco dias de chuva que atrasa a colheita dessa soja, eu já entro em março plantando [milho]. Aí não compensa. Eu não planto milho depois do dia 25 de fevereiro. Não vale à pena, porque a produtividade fica muito ruim e os custos do jeito que estão não dá para arriscar”.

Fonte: Canal Rural

Relacionados

Deixe uma resposta

- Publicidade -spot_img

Recentes