23.5 C
Brasília
23.5 C
Brasília
quarta-feira, julho 17, 2024
spot_img

Produtor rural Erai Maggi defende atuação do ministro da Agricultura Carlos Fávaro

Recuperação da JBS e manutenção de empregos: Erai Maggi destaca a atuação decisiva do chefe do Mapa

Em uma declaração à imprensa nesta segunda-feira, o produtor rural Erai Maggi saiu em defesa do ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Carlos Fávaro, que tem enfrentado críticas tanto dentro da base do governo quanto da oposição ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Durante a entrevista, Maggi negou veementemente que suas propriedades tenham se beneficiado de emendas para a conservação de estradas que cortam ou margeiam suas fazendas.

Sobre a atuação do ministro Carlos Fávaro no Ministério da Agricultura, Maggi foi enfático ao afirmar: “Eu sei que ele está trabalhando muito bem, desenvolvendo as coisas”. Ele também destacou um exemplo concreto de ação eficaz: “Quando trabalha bem, desenvolve rápido, você vê o que foi feito em Diamantino, onde o frigorífico da JBS pegou fogo e não poderia ser descredenciado. Graças a Deus, quem vai credenciar em outubro deste ano é a China.”

Maggi acrescentou que o frigorífico da JBS emprega mais de 1.200 funcionários e que todos eles foram mantidos no emprego, mesmo após o incêndio que destruiu a planta. Ele mencionou que o ministro Carlos Fávaro visitou a planta destruída juntamente com o ministro Gilmar Mendes, do STF, e outras autoridades, e houve um apelo para evitar o desemprego dos trabalhadores. “Além de continuar o abate e a rápida recuperação do frigorífico, o pessoal continuou recebendo seu salário.”

Maggi também ressaltou que a planta frigorífica da JBS está passando por uma expansão para abater 3.500 animais por dia, transformando um revés em uma oportunidade de crescimento.

Ele concluiu afirmando: “Então, trabalhou muito rápido, o Carlos Fávaro. Trabalhando muito rápido, às vezes, ele machuca alguém.”

Fonte: A Bronca Popular

Relacionados

Deixe uma resposta

- Publicidade -spot_img

Recentes