21.5 C
Brasília
21.5 C
Brasília
domingo, julho 14, 2024
spot_img

MAPA faz intercâmbio sobre políticas de seguro agrário em congresso internacional

Evento realizado na Espanha reuniu representantes de diversos países para aprimoramento das ferramentas do sistema de securitização rural

A cidade espanhola de Jerez de la Frontera, em Andaluzia, na Espanha, foi sede do Congresso Internacional de Seguro Agrário nesta semana. 

O sistema espanhol de Seguros Agrícolas conta com mais de quatro décadas de experiência, período em que se consolidou e se aperfeiçoou como ferramenta fundamental para manter a renda dos profissionais do setor agrícola.

Além do Brasil e Espanha, também participaram representantes dos Estados Unidos, França, Itália, Chile e Comissão Europeia, além de especialistas da Universidade Politécnica de Madrid e da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação, ligada à Organização das Nações Unidas (ONU/FAO).

“Foi uma grande oportunidade de compartilhar aprendizagem e intercâmbio com as demais entidades do setor de seguro de outros países a fim de aprimorar os instrumentos de gestão de risco diante de nova realidade climática global”, observa o diretor de Gestão de Risco do Ministério da Agricultura e Pecuária, Jônatas Pulquério. 

“O aumento de eventos climáticos adversos afeta negativamente tanto a produção agrícola quanto a própria estabilidade do mercado de seguro rural, por isso é de grande interesse buscar fóruns de discussão nos quais possamos compartilhar experiências e encontrar soluções para que o seguro agrícola possa continuar respondendo ao setor, prioritário para garantir a segurança alimentar” salienta Pulquério, que acrescentou ter constatado no evento a necessidade de seguir proporcionando aos agricultores um sistema de gestão de riscos. 

Para ele, um dos objetivos da gestão de riscos é incrementar a resiliência da produção agrícola, com medidas de adaptação e mitigação frente à mudança climática, que é um fenômeno global, o qual acaba por elevar a sinistralidade na agricultura a níveis nunca antes observados em todo o planeta. 

“É imprescindível o apoio do setor público para garantir o acesso ao seguro e ampliação da rede de atendimento para novas fronteiras agropecuárias, buscando o equilíbrio do mercado segurado”, conclui.

Um dos temas abordados durante o encontro foi a questão da sustentabilidade, tema comum a todos os participantes, pois é um desafio global que requer uma resposta global. 

Também esteve presente no evento o coordenador operacional de Seguro Rural, Luís Augusto Crisóstomo de Sousa, que proferiu palestra no dia 5 (quinta-feira) sobre o Sistema Brasileiro de Seguros Rurais: Evolução, Situação atual e Perspectivas diante da nova realidade climática.

Relacionados

Deixe uma resposta

- Publicidade -spot_img

Recentes