25.5 C
Brasília
25.5 C
Brasília
quarta-feira, julho 17, 2024
spot_img

Matogrossense tem se destacado na política nacional de abastecimento de alimentos

Brasília – O diretor-executivo de Operações e Abastecimento da Companhia Nacional de Abastecimento (CONAB), Thiago dos Santos, tem trabalhado para fazer o governo federal retomar o protagonismo em políticas públicas voltadas para área de abastecimento de alimentos.

Ações como a política de Aquisições do Governo Federal (AGF), executado por sua Diretoria retomou estoques públicos, que a princípio estão sendo feitos nos estados de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás, Paraná, Tocantins e Bahia. O governo federal já efetuou a compra de 500 mil toneladas de milho que dão em torno de 8,3 milhões de sacas.

Uma das dificuldades a serem superadas pelo Diretor é aumentar a capacidade estática de armazenagem de estoques públicos principalmente em Mato Grosso, que tem batido recordes de safras passadas.

Armazenagem de grãos
Armazenagem de grãos

Uma outra ação executada por Thiago dos Santos nestes primeiros seis meses de governo é o leilão de subvenção para os produtores de borracha. Ao todo 31 mil toneladas foram ofertadas para negociação, com bom aproveitamento de subvenção aos produtores.

A DIRAB também executa a compra e distribuição das cestas de alimentos do governo federal. Nestes primeiros meses a diretoria tem sido muito ativa, com atendimento a indígenas, bem como pessoas que estão em áreas com desastres climáticos nos Estados do Rio Grande do Sul, Alagoas e Pernambuco.

Thiago dos Santos destaca ainda tem o abastecimento social do programa de venda balcão de milho (ProVB) a pequenos produtores, principalmente no Nordeste e regiões afetadas por estiagem, inclusive com aberturas de novas unidades satélite de vendas levando o milho mais em conta onde realmente precisa.

“Mato Grosso é o maior produtor de milho do País, como mato-grossense tenho defendido a necessidade de instituirmos o ProVB em nosso Estado, principalmente para atender pequenos criadores de aves e bovinos em época de entressafra, onde a CONAB equaliza o preço para que pequenos criadores comprem pequenas quantidades e com acesso a preço de compra de atacado”, defendeu.

O diretor enfatiza o trabalho da outra representante de Mato Grosso na CONAB, a diretora-executiva Administrativa, Financeira e de Fiscalização, Professora Rosa Neide. “Estamos trabalhando com muito foco para promover o acesso às organizações da agricultura familiar ao Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), principalmente em Mato Grosso. Em nosso Estado, dentro dos 50 dias que o programa ficou aberto para recebimento de propostas superamos todos os anos anteriores. Foram cadastradas mais de R$ 25 milhões”, finalizou.

Thiago dos Santos é especialista em gestão pública e funcionário de carreira da esfera municipal de Mato Grosso. Foi assessor na Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural na Câmara dos Deputados, onde atuou na coordenadoria e na Vice-Presidência da Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA).

Relacionados

Deixe uma resposta

- Publicidade -spot_img

Recentes