25.5 C
Brasília
25.5 C
Brasília
terça-feira, julho 16, 2024
spot_img

Milho: Mercado segue trabalhando com quedas na tarde desta 5ªfeira em Chicago

Na Bolsa de Chicago (CBOT), as referências para o milho seguem trabalhando com desvalorizações na tarde desta quinta-feira (22). Por volta das 11h42 (Horário de Brasília), os principais contratos operam com quedas de 5,25 a 5,75 pontos.

O contrato Julho/23 tinha baixa de 7,50 pontos e negociado em US$ 6,63  por bushel. Já o contrato Setembro/23 valia  US$ 6,18 por bushel com queda de 5,25 pontos, enquanto o Dezembro/23 era negociado por US$ 6,22  com desvalorização de 6,00 pontos.  Já Março/24 tinha valor de US$ 6,30 com recuo  de 5,75 pontos.

De acordo com as informações da Reuters International, os contratos futuros de milho seguem recuando nesta quinta-feira, com traders fechando os lucros após uma recente alta devido a preocupações com o clima seco no meio-oeste dos Estados Unidos.

Com relação às condições climáticas nos Estados Unidos, nenhuma chuva ocorreu no cinturão primário de cultivo de milho, com chuvas na parte sudeste da região de cultivo permanecendo muito fracas, disse a empresa de pesquisa de commodities Hightower em nota.

No mercado financeiro, a Reuters apontou que o  dólar rondava a estabilidade frente ao real nesta quinta-feira, rondando os menores patamares em mais de um ano, depois de na véspera o Banco Central ter mantido a Selic sem sinalizar intenção de cortar os juros em agosto, como esperava boa parte dos mercados.

“Às 10:31 (horário de Brasília), o dólar à vista avançava 0,08%, a 4,7720 reais na venda. Na B3, às 10:31 (horário de Brasília), o contrato de dólar futuro de primeiro vencimento subia 0,19%, a 4,7780 reais”, comentou a Reuters.

B3 

Na Bolsa Brasileira (B3), as negociações futuras do milho trabalham em campo negativo nesta tarde. As principais cotações trabalhavam com valores na faixa entre R$ 57,99 a R$ 69,02 por volta das 12h00 (horário de Brasília).

O vencimento Julho/23 era cotado à R$ 57,99 com desvalorização de 1,93%, o setembro/23 valia R$ 63,24 com perda de 1,91%, o novembro/23 era negociado por R$ 66,26 com recuo de 1,74% e o Janeiro/24 tinha valor de R$ 69,02 com queda de 1,69%.

Fonte: Notícias Agrícolas

Quer receber notícias no seu celular? Participe do nosso grupo do WhatsApp clicando aqui.

Relacionados

Deixe uma resposta

- Publicidade -spot_img

Recentes